Homepage | Quem somos | Nossa Fé | Contate-nos | Objetivos | Atividades
Bíblia - fé e prática
Jesus, Cabeça da Igreja
Igreja, Corpo de Cristo
O Poder do Sangue de Jesus
9 Dons Espirituais e 5 Ministérios
A Unidade do Corpo
A Volta Gloriosa de Jesus

O Momento Profético
Avivamento
Doutrina e vida
Costumes e Cerimônias
Outras Igrejas
O Espírito Santo e a Interpretação da Palavra
Soli Deo Gloria
Como Começar a Obra do Espírito em uma Igreja

Introdução
Dons e Evangelismo
Um Corpo, uma Fé
A Busca dos Dons
Mártires e Testemunhas
A Direção do Espírito

 
Versão para Imprimir Versão da cópia

O Preparo da Igreja para a Volta de Jesus


O Senhor Jesus voltará para encontrar-se com uma Igreja que vive como um Corpo, guiada pelo Cabeça, o Senhor Jesus Cristo, por meio do Espírito Santo.

Esta Igreja estará vivendo em santificação e obediência ao Senhor e será fiel ao mandamento de pregar o Evangelho.

Tendo presente esse objetivo, o Senhor está unindo espiritualmente Seu povo ao redor do mundo. Congregações, pastores, denominações, associações e uniões de Igrejas de diferentes países em diversos continentes estão-se aproximando uns dos outros com base na fé comum na Bíblia e em todos os seus ensinamentos, além de um desejo comum de serem dirigidos pelo Senhor através do Seu Espírito.

Este não é um movimento baseado em ensinamentos particulares ou estimulados por grandes líderes. É uma operação do Espírito Santo, que nos tem ensinado a respeito de como prosseguir em direção a essa meta abençoada da Unidade na Igreja.

Até o momento têm sido atraídos para esta Unidade Igrejas e pastores que compartilham a fé comum no batismo do Espírito Santo, nos 9 dons espirituais (I Cor. 12:8-10) e nos cinco ministérios (Ef. 4:11).

Igrejas e pastores de diversos países, tais como Belarus, Brasil, Estados Unidos, Lituânia, Polónia, Portugal, Rússia, Ucrânia e Uzbequistão, entre muitos outros, têm estabelecido contactos e começado a cooperar entre si com este objetivo comum em vista: a Unidade do Corpo de Cristo...

Texto integral


O AVIVAMENTO NA IGREJA


Entendemos que a Igreja do Senhor Jesus recebeu o batismo com o Espírito Santo com um principal objetivo: a edificação da Igreja.

Para realizar a Obra de Deus, que consiste na edificação da Igreja, é preciso primeiramente conhecer o Projeto de Deus para essa edificação. Para nos habilitar a conhecer Seu Projeto, o Senhor concedeu à Igreja esses recursos espirituais:

  1. A Palavra de Deus, especialmente o Novo Testamento, que contém instruções específicas sobre o funcionamento da Igreja; e
  2. O Espírito Santo, que opera por meio dos 9 dons espirituais (I Cor 12: 8-10) e os 5 ministérios (Ef. 4:11).

Esses recursos permitem que o Senhor Jesus se torne de fato – e não apenas em teoria - o Cabeça da Igreja, que é o Seu Corpo. Por meio da Sua Palavra escrita e da Palavra que nos é transmitida por meio dos dons espirituais o Senhor Jesus tem condições de governar Sua Igreja, revelando Seu projeto para Sua edificação. Por meio dos 5 ministérios, o Senhor governa Sua Igreja, pois os servos usados nesses ministérios executam a Obra de Deus com base na doutrina revelada na Bíblia (II Tim 3:16-17) e as instruções específicas transmitidas por meio dos dons espirituais, testando os dons (I Tes. 5:10-21) e aplicando-os com sabedoria (I Cor 14:20, 40).

Foi para permitir que Jesus se comunicasse com Sua Igreja que o Senhor decidiu batizar com o Espírito Santo seus servos – jovens, adultos, anciãos – nos últimos tempos. Segundo o profeta Joel, como consequência desse batismo, seus servos receberiam visões, sonhos e profecias (Joel 2:28), ou seja, todos esses dons que permitem o Senhor revelar Sua vontade aos seus servos. No entanto, os dons mais enfatizados na segunda metade do século XX foram os dons de línguas e de curar. Nas ocasiões em que havia profecias, visões e sonhos, essas manifestações se dirigiam a indivíduos em particular, para beneficiar um indivíduo, e não para transmitirem orientações do Senhor para a Igreja com vistas a orientar seu funcionamento (revelar unções para o pastorado, mostrar onde as igrejas devem evangelizar, orientar sobre a solução de problemas na igreja, etc.)...

Texto integral