Homepage | Quem somos | Nossa Fé | Contate-nos | Objetivos | Atividades
Bíblia - fé e prática
Jesus, Cabeça da Igreja
Igreja, Corpo de Cristo
O Poder do Sangue de Jesus
9 Dons Espirituais e 5 Ministérios
A Unidade do Corpo
A Volta Gloriosa de Jesus

O Momento Profético
Avivamento
Doutrina e vida
Costumes e Cerimônias
Outras Igrejas
O Espírito Santo e a Interpretação da Palavra
Soli Deo Gloria
Como Começar a Obra do Espírito em uma Igreja

Introdução
Dons e Evangelismo
Um Corpo, uma Fé
A Busca dos Dons
Mártires e Testemunhas
A Direção do Espírito

 
Versão para Imprimir Versão da cópia

Igreja, Corpo de Cristo


O Corpo de Cristo é outra doutrina fundamental para o despertamento espiritual da Igreja. A Igreja é, segundo a revelação dada ao apóstolo Paulo (I Cor 12:27, Ef. 1:22, 23), o Corpo de Cristo. Para que isso seja uma realidade plena e, sobretudo, prática, a Igreja necessita de estar ligada à Cabeça, o Senhor Jesus. Jesus precisa não apenas ser reconhecido como possuindo o título de Cabeça, mas, na prática, precisa ter condições de governar Sua Igreja. A Igreja, para isso, precisa estar pronta para receber Seus comandos (revelados por meio dos dons espirituais) e obedecê-los. “Crer e observar tudo quanto Ele ordenar”, como dizia um antigo hino.

Para que esteja pronta para receber instruções do Senhor Jesus, a Igreja precisa ser organizada como um Corpo, da forma indicada no capítulo 12 de I Coríntios e em Efésios 4:1-16: cada membro tem uma função e a executa com fidelidade; e todos os membros são edificados por meio dos dons espirituais e da operação dos 5 ministérios.

Em um corpo sadio todos os membros dependem dos comandos do cérebro para operar. Nenhum membro atua sem que tenha havido uma ordem específica da Cabeça. O mesmo ocorre no Corpo de Cristo. O Senhor Jesus revela Sua vontade com relação à operação dos membros e das Igrejas. Para isso foi enviado o Espírito Santo (Jo 16:13-14).

Em um corpo normal, cada membro foi gerado para ocupar um lugar determinado no Corpo. Não é o membro que escolhe o seu lugar no Corpo de Cristo, tampouco. O Senhor Deus, por meio do Espírito Santo, coloca os membros no Corpo com quer (I Cor 12:18, 28); e essa escolha é confirmada pelo Governo da Igreja (pastores, anciãos). Cabe assim a cada membro fiel submeter-se a esse Governo da Igreja, pois foi estabelecido pelo Senhor.

A Igreja é composta por membros fiéis e trabalhadores, que procuram obedecer às determinações do Senhor e às orientações de seus pastores. Fé e fidelidade são duas qualidades que caracterizam a Igreja e que honram o crente. Fidelidade significa obediência às determinações da Palavra de Deus e às orientações do Senhor para a vida cotidiana da Igreja. Cabe aos dirigentes da Igreja (pastores, anciãos) ensinarem à Igreja que cada membro deve participar da edificação da Igreja executando com fidelidade a função que o Senhor lhe deu no Corpo.